quinta-feira, 18 de julho de 2013

Projeto garante financiamento para índios Wai Wai

Quarenta e três famílias da etnia Wai Wai, que vivem no municípío de Oriximiná, no oeste do Pará, foram contempladas com R$ 2.500,00, cada, provenientes de financiamentos do Programa Nacional de Apoio e Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O valor financiará a cadeia produtiva da mandioca. Os projetos, para o acesso ao crédito, têm a assinatura da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), que há três anos garante assistência aos indígenas.

Os indígenas que residem nas comunidades Pacará, Mapium, Kuanamari e Pacará estão sendo financiados pela segunda vez. Os recursos auxiliarão na melhoria do plantio, colheita e beneficiamento da mandioca. 

A área de plantio dos Wai Wai soma 50 hectares, sendo que cada família dispõe de no máximo 1,5 hectare para garantir a produção. Atualmente, segundo dados da Emater, em cada hectare são produzidas 15 toneladas do tubérculo. “Nossa expectativa é aumentar esse número para 30 toneladas, impulsionando a cultura, que é a base da economia dos indígenas”, disse Eder Maia, técnico da Emater.

Para garantir a melhoria da atividade, a Emater trabalha com uma Unidade Demonstrativa (UD) instalada na comunidade Ascensão. Na área, localizada a 20 quilômetros da sede do município, a Emater desenvolve o Trio da Produtividade, um sistema de produção que garante a colheita com até 150 dias do plantio. A tecnologia duplica a produtividade sem a adição de produtos químicos na lavoura, utilizando a própria vegetação da área, cortada rente ao solo, como material orgânico e deixando permanecer as árvores de valor econômico. Por Iolanda Lopes - Emater

0 comentários:

Postar um comentário

Imagens da Semana